01

As pessoas montam árvores de Natal para enfeitar casas e outros ambientes. Isso garante com as decorações natalinas um clima especial nessa época do ano.

A montagem de árvore de Natal teve início no ano de 1530, de acordo com os pesquisadores cristãos, na Alemanha com Martinho Lutero. Ele estava caminhando na floresta e ficou impressionado com a beleza dos pinheiros cobertos de neve e as estrelas o céu ao fundo, recolheu alguns galhos usou algumas velas e reproduziu a linda cena em sua casa para os seus familiares.

Essa tradição chegou ao continente americano através de alguns alemães, que vieram residir na América durante o período colonial.

No Brasil onde o cristianismo prevalece, as árvores de natal estão presentes em diversos lugares, além de decorar simbolizam paz, alegria e esperança. No hemisfério norte, em dezembro é inverno e as arvores perdem as folhas, uma arvore frondosa e cheia de enfeite simboliza a vida.

De acordo com a tradição católica, a árvore de Natal deve ser montada a partir do dia 30 de novembro, que é o começo do período do advento. Sua montagem deve ser aos poucos, intensificando-se a partir de 17 de dezembro (momento em que a Bíblia começa a falar do nascimento de Jesus). Em 6 de janeiro (Dia de Reis), de acordo com esta tradição, é o dia de desmontar a árvore de Natal.

Agora que relembramos a origem vamos a decoração!

O estilo da árvore natal depende da escolha do modelo da árvore: natura ou artificial? Escolhido o modelo, não é obrigatório seguir cem por cento mas é importante estabelecer alguma relação com a decoração da casa Por exemplo, se na sua casa impera uma decoração minimalista, um pinheiro com mil e uma luzes, cores e ornamentos pode não ficar tão bem como uma decoração natalina que vá de encontro à atual decoração – neste caso, menos é mais! Atualmente, existem árvores de Natal artificiais de várias cores – branco, azul, prateado – pode optar por marcar a diferença assim. Se quiser utilizar apenas um tipo de ornamento e um tipo de grinalda, porque não? Acima de tudo, a árvore de Natal deve ser um reflexo da sua personalidade e gosto pessoal.

Cores:

02

Uma data tão alegre e festiva merece cores, então abuse! Mas como saber a cor certa? Combine as cores da época: vermelho, dourado, prateado e verde. Você pode usar o azul e o branco ou verde e amarelo para um visual simultaneamente moderno e elegante.

3

Temas:

Apesar do tema ser natalino, você pode abordar vários temas e inovar! Segue algumas sugestões:

Árvore de Natal Infantil – desenhos coloridos e recortados, pelúcias natalinas (Papai Noel, Mamãe Noel, bonecos de neve, anjos, renas, flocos de neve, presentes…), imagens de feltro…

Árvore de Natal Gastronômica – paus de canela, nozes suspensas com fitas natalinas, maçãs pequenas cobertas com brilhantes, bolachas caseiras como as típicas bolachas de gengibre, chocolates …

Árvore de Natal Jardim – borboletas douradas, libélulas verdes, flores miniaturas, pinhas, folhas de árvores secas, grinaldas verdes e douradas…

Árvore de Natal Elegante – cristais transparentes, bolas de vidro, pequenos espelhos, um lustre com velas a servir de estrela no topo, grinalda tipo pérolas…

4

Distribuição:

5

A parte mais difícil da decoração da árvore de Natal é a distribuição de bolas, estrelas, bonecos de neve e iluminação. Para conseguir o equilíbrio desejado e um pinheiro que é uma verdadeira visão, não desespere! Oriente-se com estas dicas simples:

Comece por pendurar as iluminações, seguido das grinaldas e só depois os ornamentos.

As iluminações devem ser colocadas a partir da base do pinheiro e em sentido ascendente. Trabalhe de dentro para fora, de forma que obtenha uma luz uniforme tanto nos ramos interiores, como exteriores. Não poupe na iluminação – para esta ser verdadeiramente cintilante, saiba que cada 30 cm de árvore requer cerca de 50 a 100 lâmpadas miniaturas em seu torno. Experimente com luzes coloridas e brancas, misturando ou não as duas.

No que toca às grinaldas, o ideal é começar a distribui-las de cima para baixo, aumentando a quantidade à medida que vai chegando à base do pinheiro. As grinaldas tipo colar ficam melhor suspensas de ramo em ramo, enquanto as de fita, papel ou alumínio ganham outra vida quando expostas à volta da árvore. Pode misturar estilos de grinaldas ou então utilizar o mesmo gênero de cima a baixo.

Não se limite a pendurar ornamentos apenas nas pontas exteriores dos ramos. Não descuide do interior da árvore, preenchendo-a com decorações de forma que crie uma profundidade e vários pontos de interesse.

Distribua os ornamentos “normais” (bolas de uma só cor, estrelas…) uniformemente por todo o pinheiro, respeitando o mesmo espaço entre cada um. Depois enfeite com os ornamentos especiais, normalmente em menor número, devem ser distribuídos por entre os restantes.

Depois de tudo pronto curta a sua árvore! 😉

Fonte utilizada : sites : eudecoro.com.br e suapesquisa.com

banner_servicos_v4